Suporte Técnico

Glossário
32 Resultado(s) por letra: S

Saturation (in color) :

A intensidade das cores na imagem ativa. A graduação com que o olho humano percebe as cores, partindo de uma escala cinza ou branca, com o mesmo brilho. Uma cor com saturação de 100% não contem o branco, já que a incorporação dessa componente reduz o nível de saturação. Nos sinais de vídeo PAL e NSTC, o nível de saturação da cor na imagem e num dado instante, é fornecido pela amplitude instantânea da onda sub-portadora de vídeo ativa.

Scanning (Varredura) :

O movimento rápido do feixe descrito pelo feixe de elétrons no tubo de raios catódicos de um monitor ou de um receptor de TV. É formatado linha por linha ao longo da superfície foto-sensível, para produzir ou reproduzir a imagem de vídeo. Quando se refere a uma câmera PTZ, esse termo significa o deslocamento dessa câmera no plano horizontal (panning).

Scanner :

Quando se refere a um equipamento / componente de CFTV, o termo significa o único cabeçote para o deslocamento no plano horizontal. Quando se refere a um componente gerador de imagens, corresponde ao dispositivo equipado com um chip CCD para fazer a varredura de documentos ou imagens.

Scene illumination :

O valor médio do nível de iluminação incidindo sobre uma área delimitada. Normalmente é medido a partir do espectro visível com um fotômetro, cuja sensibilidade espectral se aproxima daquela do olho humano, sendo aferido em lux.

Scotopic vision :

Nível de iluminação abaixo de 10-2 lux e, assim, invisível para o olho humano.

SCSI (Small computer systems interface) :

Padrão usado em computadores para definir o software e os métodos de hardware que permitam a conexão de mais dispositivos externos a um barramento de computador.

SECAM (Sequentiel Couleur Avec Memoire) (Com seqüencial com memória) :

Sistema de televisão contendo 625 linhas por quadro (anteriormente, eram 819) e 50 campos por segundo, criado pela França e a antiga URSS. A informação referente à diferença de cores é transmitida seqüencialmente em linhas alternadas, como em um sinal de FM.

Serial data :

Transmissão de dados, sequencialmente no tempo, ao longo de um condutor único. Em CFTV, o método mais comum usado para a comunicação entre teclados e o comutador matricial (matrix switcher) , e também para o controle de câmeras PTZ.

Serial interface :

Interface de comunicação digital na quais os dados são transmitidos e recebidos seqüencialmente ao longo de um condutor único ou de um par de condutores. Os padrões mais comuns de interface serial são RS-232 e RS-422.

Serial port :

Porta de entrada / saída de sinais através da qual um computador se comunica com o mundo exterior. A porta serial padrão tem como base a interface RS-232, permitindo a comunicação bidirecional através de um circuito relativamente simples, já que o fluxo de dados é seqüencial.

Sidebands :

Faixas laterais de freqüência de uma onda portadora, dentro das quais a energia produzida no processo de modulação é conduzida.

Signal-to-noise ratio (S/N) :

Relação Sinal / Ruído, que pode ser aplicada a sinais de luminância, crominância, e áudio. Esta relação representa o quociente entre o sinal real e o ruído produzido, e indica quantas vezes o nível do sinal é superior ao nível do ruído. É expresso em dB (decibel), e quanto mais alto for o valor, tanto mais nítida e clara será a imagem reproduzida na tela. O valor em dB é calculado com o logaritmo do quociente entre o valor do sinal normal e o valor RMS do ruído.

Silicon (Silício) :

Elemento químico (metalóide) utilizado na fabricação de componentes semicondutores.

Simplex :

Em geral, refere-se aos sistemas de comunicação capazes de transmitir dados (informação) num único sentido. Em CFTV, simplex é usado para indicar uma operação de multiplexação onde somente uma função pode ser executada por vez, p.ex., a gravação ou a reprodução.

Single-mode fiber :

Fibra óptica de vidro, formada com um núcleo de pequeno diâmetro, sendo que a fibra típica, desse tipo, utilizada em CFTV apresenta um núcleo com diâmetro de 9 ?m e um diâmetro externo de 125 ?m . Esse tipo de fibra apresenta menor atenuação e por isso, permite a transmissão de sinais em maiores distâncias (de até 70 km). e são usadas somente com fontes de laser, em virtude de seu cone de recepção (incidência) reduzido.

Skin effect (Efeito de película) :

Na transmissão de CA, tendência apresentada por essa corrente de se deslocar na superfície externa (periferia) do condutor, ao se aumentar a freqüência.

Slow scan :

Transmissão de uma seqüência de imagens fixas (congeladas) por meio de sinais digitais ou analógicos, em meio com limitação da largura de banda, como por exemplo, uma linha telefônica.

Smear :

Efeito espúrio colateral causado pela transferência vertical de carga, em chips de CDD. São apresentadas faixas brilhantes nas partes da imagem com maior brilho. Nas câmeras de melhor qualidade, esse efeito é reduzido ao mínimo, tornando-se quase imperceptível.

SMPTE (Society of Motion Picture and Television Engineers) :

Associação de Engenheiros de Cinema e Televisão.

SMPTE time code :

Na edição de vídeo, código de tempos que obedece às normas da SMPTE, sendo formado por um número de 8 dígitos, para indicar horas, minutos, segundos e quantidade de quadros. Cada um desses números identifica um quadro na fita de vídeo. Esse código poderá ser do tipo drop-frame ou non-drop-frame.

Snow (Chuvisco) :

Ruído, de caráter aleatório, apresentado nas telas de vídeo, geralmente produzido por sujeira nos cabeçotes, ou pela recepção fraca do sinal.

S/N ratio :

Ver Signal-to-noise ratio.

Spectrum (Espectro) :

Em eletromagnetismo, esse termo se refere à representação gráfica da amplitude X freqüência de uma forma de onda. Em Óptica, se refere às freqüências luminosas que compõem a luz branca, como se pode ver no arco-íris.

Spectrum analyzer (Analisador de freqüências) :

Equipamento eletrônico em que é feita a análise e apresentação das freqüências que compõem um sinal elétrico.

SPG (Sync pulse generator) [Gerador de Pulsos de Sincronismo] :

Fonte geradora de pulsos de sincronismo.

Split-screen unit (quad compressor) [Unidade com tela em partição] :

Equipamento onde é feita a apresentação simultânea de partes de uma imagem, ou de várias imagens, em uma única tela de monitor. Geralmente, se refere à apresentação das quatro partições de uma tela em Quad.

Staircase (em Televisão) :

O mesmo que color bars. Imagem produzida por um gerador de sinais de TV, formada por faixas de igual luminância e patamares escalonados de 0, + 20, + 40, + 60 e + 100 Unidades IRE, e com amplitude constante do sinal cromático, na fase de disparo da cor. A amplitude cromática é selecionada nos patamares de 20 IRE (os mais baixos) ou nos de 40 IRE (os mais altos). Essa apresentação escalonada é útil para se verificar a linearidade dos ganhos de luminância e cor, ganho diferencial e diferencial de fase.

Stand Alone :

Semelhante a um Time Lapse, porém, as gravações são digitais armazenadas em HD, dispensa o uso de um multiplex e de um computador.

Start bit :

Bit inicial em um grupo de bits representando um caractere, utilizado para sinalizar a recepção desse caractere na transmissão assíncrona.

Sub-carrier (SC) [Onda Sub-portadora] :

Também designada como SC: 3,58 MHz no sistema NTSC ou 4,43 MHz, no sistema PAL. Estes são os sinais básicos de sincronismo nos sistemas PAL e NTSC. É uma onda senoidal, geralmente gerada e transmitida com a amplitude de 2 V, com uma freqüência de 3,579545 MHz (Sist. NTSC) ou 4,43361875 (Sist. PAL). A sub-portadora geralmente é derivada do sinal primário de um cristal, com 14,318180 MHz (Sist. NTSC) que é dividido por 4, dando como resultado 3,579545. No sist. PAL tem-se uma situação análoga. Todos os demais sinais de sincronismo são direta-mente derivados da onda sub-portadora.

S-VHS :

Formato S-VHS, utilizado na gravação de vídeo. É um novo padrão, proposto pela JVC, que mantém a compatibilidade total com o formato VHS e que oferece uma resolução horizontal muito melhor, com até 400 linhas de TV. Isso se deve principalmente às técnicas de separação de cores, melhor qualidade dos cabeçotes de vídeo e das fitas magnéticas. Esse sistema é geralmente associado com a separação dos sinais Y/C.

Sync - Abreviação de synchronization pulse (pulso de sincronismo ou sincronização Sync generator :

Dispositivo usado para gerar pulsos de sincronismo exigidos em fontes de vídeo, para fornecer o sincronismo adequado ao equipamento de vídeo. Os pulsos geralmente produzidos por um gerador de sincronismo podem ser: onda sub-portadora, burst flag , sincronismo, sinal de inibição (blanking), varredura H e V e sinal da cor preta. Mais comumente utilizados em CFTV são as varreduras H e V.