Suporte Técnico

Glossário
30 Resultado(s) por letra: D

D/A (também: DA) :

O inverso de A/D, i.e., conversão digital / analógico.

Dark current :

Sinal emitido por um sensor de CCD, na ausência de luz incidente.

Dark noise :

Ruído gerado como conseqüência da natureza aleatória da dark current.

DAT (digital audio tape) :

Sistema originalmente projetado para a gravação e reprodução de sinais de áudio em formato digital, e capaz de manter a mesma qualidade de sinal de um CD. Com os recentes aperfeiçoamentos em hardware e software, é provável que se consiga um sistema semelhante e barato para o arquivamento, gravação e reprodução de vídeo.

dB Decibel :

Logaritmo da relação entre dois sinais (ou valores), geralmente referentes à potência (elétrica, mecânica), mas também a tensão e corrente. No cálculo de potências, o logaritmo é multiplicado por 10 e, no cálculo de tensão e corrente, será multiplicado por 20.

DBS [Direct Broadcast Satellite] [Satélite para Transmissão Direta] :

Transmissão direta ao usuário, feita através de satélite, geralmente utilizando uma antena de pequena abertura.

DC [Direct current] :

Corrente contínua, ou seja, corrente que se desloca em um único sentido, ao contrário da corrente alternada.

DCT [Discret Cosine Transform] [Transformada Discreta de Coseno] :

Algoritmo matemático usado na representação da freqüência de um bloco de pixels de vídeo. DCT é a transformação discreta reversível e ortogonal entre os domínios de tempo e freqüência. Ela poderá ser FDCT (Transformada Discreta de Coseno Direta) ou IDCT (Transformada Discreta de Coseno Inversa).

Decoder [Decodificador] :

Dispositivo utilizado na recuperação de sinais a partir de uma fonte codificada (composite).

Degauss (to) :

Desmagnetizar.

Delay line :

Linha de transmissão real ou artificial, ou dispositivo equivalente, projetada para retardar uma forma de onda ou sinal durante um intervalo de tempo determinado.

Demodulator :

Dispositivo usado para separar sinais de áudio ou vídeo, da respectiva onda portadora.

Dielectric :

Material isolante elétrico (i.e., não condutor).

Differential gain :

Variação na amplitude da sub-portadora de um sinal de vídeo, produzida por oscilações no nível de luminância desse sinal. A imagem de TV resultante apresenta uma mudança de saturação da cor, causada pela variação simultânea no brilho da imagem.

Differential phase :

Variação de fase na sub-portadora de um sinal de vídeo, produzida por uma mudança no nível de luminância do sinal. As tonalidades de cor em uma cena passam a variar conforme o brilho dessa cena.

Digital disc recorder :

Equipamento que permite a gravação de imagens de vídeo em um disco digital.

Digital signal :

Sinal eletrônico em que cada valor diferente de excitações produzidas pelo ambiente (som, luz) apresenta um valor diferente de combinações binárias (palavras), que representam o sinal analógico.

DIN [Deutsche Industrie Normen] :

Normas Industriais Alemãs.

Disk [Disco] :

Placa de formato circular, revestida de material magnético sobre a qual se torna possível o armazenamento de dados, através da magnetização seletiva de partes da superfície. O disco pode ser do tipo flexível, floppy ou rígido, ou também um disco compacto, de material plástico (CD) ou um disco de vídeo digital (DVD).

Distortion :

Representação desproporcional feita de um original qualquer.

DMD [Digital Micro-miror Device] :

Nova tecnologia de projeção de vídeo, na qual se utilizam chips montados com espelhos em miniatura, com controle digital de alta precisão para o ângulo de projeção.

DOS [Disk Operating System] :

Pacote de softwares usado na operação do hardware de computadores, tais como o drive de disco rígido, drive de disco flexível, monitor, teclado, etc.

Dot pitch (Espaçamento entre pontos) :

Distância, em milímetros, entre dois pontos consecutivos da imagem da tela de um monitor. Quanto menor for o dot pitch, tanto melhor será a imagem, já que assim, haverá maior número de dots [pontos] a serem apresentados na imagem e, portanto, uma melhor resolução. A resolução de um monitor é definida a partir do dot pitch. Os monitores de CFTV de alta resolução, ou um monitor para computadores, têm dot pitch inferiores a 0,3 mm.

Drop frame time code :

Formato de código de tempos SMTPE, com contagem contínua de 30 quadros por segundo, no qual se tem a eliminação de dois quadros a cada minuto, exceto em cada 10o. minuto (eliminação de 108 quadros por hora), com a finalidade de se manter o sincronismo do código de tempos com o tempo cronológico (i.e., marcado pelo relógio). Isso se torna necessário porque, no sistema de vídeo NTSC é utilizada a velocidade de 29,94 quadros / seg., em vez de um número inteiro de 30 quadros / seg.

DSP [Digital Signal Processing] [Processamento Digital de Sinais] :

Em geral, uma referência à secção do circuito eletrônico de um dispositivo capaz de processar dados em formato digital.

Dubbing :

Transcrição feita de um meio de gravação para outro.

Duplex :

Referência ao sistema de comunicação em que a informação é transportada nos dois sentidos [sistema duplex] . Em CFTV, o sistema duplex é usado para indicar um tipo de multiplexador capaz de executar duas funções simultaneamente, fazendo a gravação e a reprodução no modo multiplex. O termo também pode significar a comunicação em duplex, entre um comutador matricial [matrix switcher] e um driver de PTZ de sites, por exemplo.

DV-Mini - [Mini-digital vídeo] :

Novo formato utilizado em gravações de áudio ou vídeo, em mini-gravadores [camcorders] e adotado pela maioria dos fabricantes desses equipamentos. Tanto o sinal de vídeo como o de áudio, são gravados em formato digital num mini-cassete, com dimensões de 66 x 48 x 12 mm, com qualidade superior à das gravações em S-VHS e Hi 8.

D-VHS :

Padrão novo, proposto pela JVC, para a gravação de sinais digitais em gravadores de vídeo VHS. Dynamic range: Diferença entre os valores máximo e mínimo de qualquer variável, convertida por um sistema.

DVR - [Digital Vídeo Recorder] [Gravador Digital de Vídeo] :

Trata-se de um sistema digital para monitoramento, gravação, e transmissão de imagens de câmeras. São diretamente montadas em um microcomputador (placa de captura) ou Stand Alone, as gravações são feitas diretamente no HD com qualidade e velocidade muito superiores aos sistemas convencionais de CFTV.